sábado, 24 de fevereiro de 2018

Glutationa




A glutationa é uma substância produzida naturalmente pelo fígado . Também é encontrado em frutas, vegetais e carnes.

As pessoas tomam glutationa por via oral para tratar catarata e glaucoma , prevenindo o envelhecimento, tratando ou prevenindo alcoolismo , asma , câncer , doenças cardíacas ( aterosclerose e colesterol alto ), hepatite , doença hepática, doenças que enfraquecem o sistema de defesa do corpo (incluindo AIDS e fadiga crônica síndrome), perda de memória , doença de Alzheimer, osteoartrite, e doença de Parkinson. A glutationa também é usada para manter o sistema de defesa do corpo (sistema imunológico) e combater o envenenamento de metais e drogas.

O que é e para o que serve glutationa?

Glutationa é um péptido que consiste em três aminoácidos chave que desempenha vários papéis vitais no corpo. Os pesquisadores da Longevidade acreditam que é tão fundamental para a nossa saúde que o nível de Glutationa em nossas células está se tornando um preditor de quanto tempo vamos viver!

A chave para entender por que o Glutationa é tão crucial para a saúde é que cada célula em nossos corpos o produz. Nas palavras de um professor aposentado de cirurgia em uma Universidade em Montreal, "É o antioxidante mais importante do corpo porque está dentro da célula". Embora seja absolutamente essencial para a manutenção de um sistema imunológico saudável, não é tecnicamente um "nutriente essencial" porque o corpo dos aminoácidos pode criar L-cisteína, ácido L-glutâmico e glicina.

Algumas das funções que o Glutationa é responsável incluem:
Conjugados ("links juntos") com drogas para torná-los mais digeríveis.
É um cofator ("molécula auxiliar") para algumas enzimas importantes, incluindo glutationa peroxidase (que o protege contra danos oxidativos).
Está envolvido no rearranjo da ligação de dissulfureto proteico (o qual é crítico para a biogênese de 1/3 de todas as proteínas humanas).
Reduz os peróxidos (agentes de branqueamento naturais que são prejudiciais ao corpo).
Participa na produção de leucotrienos (componente vital para reações inflamatórias e de hipersensibilidade).
Ajuda o fígado a desintoxicar a gordura antes que a bile seja emitida, o que tira o estresse da vesícula biliar.
Ajuda a desintoxicar metilglioxal , uma toxina produzida como subproduto do metabolismo.
Apoptose do câncer ("morte celular programada").

Além de ajudar essas funções vitais a continuar no corpo, a lista de benefícios da glutationa é longa e ampla:
Reproduz um papel crucial na função imune.
Promove a função das células T, o que é crítico para um sistema imune forte.
Ajuda a prevenir a resistência a medicamentos.
Protege contra toxinas ambientais
E luta contra o câncer

O glutationa é respirado (inalado) para tratar doenças pulmonares , incluindo fibrose pulmonar idiopática , fibrose cística e doença pulmonar em pessoas com doença do HIV.

Os prestadores de cuidados de saúde dão glutationa como tiro (por injeção no músculo) para prevenir os efeitos colaterais venenosos do tratamento do câncer ( quimioterapia ) e para o tratamento da incapacidade do pai de uma criança ( infertilidade masculina ).

Os prestadores de cuidados de saúde também dão glutationa por via intravenosa para prevenir o " sangue cansado " ( anemia ) em pacientes renais submetidos a tratamento de hemodiálise, prevenção de problemas renais após cirurgia, tratamento da doença de Parkinson, melhora o fluxo sanguíneo e diminuição da coagulação em indivíduos com "endurecimento das artérias " ( aterosclerose ), tratamento de diabetes e prevenção de efeitos colaterais tóxicos da quimioterapia.
Como funciona a glutationa?

A glutationa está envolvida em muitos processos no corpo, incluindo a construção e reparo de tecidos, produzindo substâncias químicas e proteínas necessárias no organismo e para o sistema imunológico.
Glutationa e seus efeitos

A glutationa é POSSÍVELMENTE SEGURA para a maioria dos adultos quando tomada por via oral, por inalação ou por injeção no músculo ou nas veias. Mas os possíveis efeitos colaterais não são conhecidos.
Glutationa e câncer

Uma das áreas mais promissoras da pesquisa glutationa é o papel que ela desempenha no câncer. "Ao conferir resistência a uma série de drogas quimioterápicas", um importante estudo de 2004 publicado na Cell Biochemistry and Function destaca: "Níveis elevados de glutationa em células tumorais são capazes de proteger essas células na medula óssea, mama, cólon, laringe e pulmão câncer ".

O contrário também é verdade. De acordo com pesquisadores italianos do Departamento de Medicina Experimental, Seção de Patologia Geral (Gênova) , a deficiência de glutationa faz com que as células sejam mais vulneráveis ​​ao estresse oxidativo , o que contribui para o desenvolvimento do câncer.

Na verdade, um número crescente de pesquisadores agora está creditando o aumento da doença neurológica e do câncer à deficiência de glutationa.

À medida que os pesquisadores continuaram a investigar esses fenômenos, descobriram que o glutationa é um agente anticancerígeno mais potente do que o antecipado anteriormente.

"Se você observa em uma situação hospitalar em pessoas com câncer, AIDS ou outra doença muito grave, quase invariavelmente elas estão esgotadas em glutationa. Os motivos para isso não são completamente compreendidos, mas sabemos que a glutationa é extremamente importante para a manutenção da saúde intracelular ".

Porque ninguém sabe com certeza os motivos exatos por que glutationa está esgotado nesses pacientes e por que é tão eficaz na luta contra o câncer, alguns questionam seus benefícios para a saúde. Alguns até afirmam que isso pode prejudicá-lo!

Naturalmente feito por nossas células, não há registro de "sobredosagem" de pessoas sobre glutationa quando suplementar das fontes naturais que eu discuto abaixo. Há, no entanto, ensaios clínicos que mostram que os asmáticos não devem inalar a glutationa porque pode restringir suas vias aéreas. Além disso, os cientistas não tem certeza de como o corpo responde a variedades sintéticas, como as pílulas que você pode obter on-line ou em suas lojas locais de alimentos saudáveis. Minha recomendação é ficar com as 9 fontes naturais e ignorar as coisas feitas pelo homem.

"Não há evidências de que suplementar com glutationa, mesmo por via intravenosa, de qualquer forma fará com que qualquer câncer seja pior. De fato, a evidência que temos sugere o contrário. Isso sugere que a glutationa e outros antioxidantes, longe de interferir com a atividade da quimioterapia, parecem reduzir os efeitos colaterais sem diminuir a eficácia e, de fato, podem melhorar a eficácia da quimioterapia na luta contra o câncer ".
Precauções especiais e advertências

Gravidez e aleitamento: Não se conhece o uso de glutationa durante a gravidez e a amamentação. Mantenha-se seguro e evite o uso.

Asma: Não injete glutationa se tiver asma. Pode aumentar alguns sintomas de asma.
Alimentos e suplementos para impulsionar a glutationa

Devido ao seu papel na prevenção e gestão da doença, recomendo ser proativo e adotar uma abordagem de senso comum para aumentar os níveis de glutationa. Essencialmente, se você consumir regularmente esses 9 alimentos e suplementos para alcançar seus objetivos gerais de saúde e bem-estar, você também irá desfrutar dos benefícios de glutationa que ocorrem naturalmente.
1. Milk Thistle - Suplemento para o fígado

Usado há séculos pela medicina popular tradicional em todo o mundo, cardo de leite tem sido lido como um remédio para a disfunção imune. Especificamente, a Silimarina , um exclusivo complexo de flavonóides derivado da planta de cardo de leite, foi utilizado para danos no fígado e doenças do trato biliar. Segundo os cientistas, o segredo para a proeza de cura do Milk Thistle leite é a sua capacidade de melhorar glutationa. Mostrado para aumentar os níveis de glutationa em ratos induzidos por etanol, descobriu-se que o cardo de leite poderia realmente ajudar a proteger o fígado da toxicidade na presença de consumo de álcool; o que é bem conhecido porque os níveis de glutationa se despencam.


2. Proteína de soro de leite

A proteína de soro de leite reabastece a glutationa aumentando a cisteína, o que ajuda a reconstruir a glutationa quando esta é esgotada de uma resposta imune. De acordo com estudos recentes, a proteína de soro de leite é o suplemento ideal para ajudar a aumentar naturalmente a glutationa tanto para combater o câncer, fortalecendo o sistema imunológico, aumentando o metabolismo e reduzindo o apetite. Rico em glutationa, é extremamente importante comprar o tipo certo de proteína de soro. Evite qualquer proteína de soro de leite que seja processada ou isolada de proteína. Eu recomendo o alimentado por pastagem ou a proteína de soro de cabra como suplemento dietético. Você quer usar uma proteína de soro de leite pó que é todo natural ou orgânico (quando possível) e está completamente isento de pesticidas, hormônios, organismos geneticamente modificados, edulcorantes artificiais e sem glúten.
3. Alimentos de enxofre

Desde meados da década de 1990, tem sido um fato bem estabelecido que as concentrações de glutationa medem no fígado e nos pulmões quando a ingestão de aminoácidos de enxofre é inadequada. ( 20 ) Esta é uma das muitas razões pelas quais eu recomendo vegetais crucíferos com teor de enxofre e de combate ao câncer como parte crítica de qualquer regime de saúde natural. Esses incluem:

Legumes ricos em enxofre
Brócolis
Couve de Bruxelas
Repolho
Couve-flor
Couve
Mostarda verde
Rabanete
Nabo
Agrião
4. NAC - Estetoscópio e diabetes

O remédio de asma incrivelmente eficaz A N-acetil cisteína (NAC) ajuda a diminuir a gravidade e a freqüência de sibilos e ataques respiratórios, aumentando a glutationa e diminuindo o muco brônquico. NAC é realmente um precursor do glutationa e recentemente foi comprovado altamente eficiente no tratamento de problemas neurocognitivos como vícios, comportamentos compulsivos, esquizofrenia e transtorno bipolar. É recomendável tomar 200-500mg 1x por dia.
5. Ácido α-lipoico

A-Lipoic Acid ajuda a restaurar os níveis de glutationa com qualquer depleção do sistema imunológico. Na verdade, é parte do meu diabetes Reverse Naturalmente em 30 dias ou menos plano. Apenas 300-1200 mg de ácido alfa lipóico diariamente ajudam a melhorar a sensibilidade à insulina e reduzem os sintomas de neuropatia diabética. Também foi demonstrado clinicamente para restaurar o estado glutationa total do sangue e a função dos linfócitos em pacientes com HIV / AIDS. ( 22 )
6. Nutrientes de metilação (vitaminas B6, B9, B12 e biotina)

Nas palavras do Dr. Mark Hyman, os ingredientes de metilação "são talvez os mais críticos para manter o corpo produzindo glutationa". ( 23 ) A melhor maneira (natural) de manter seus ingredientes de metilação em níveis ideais é simplesmente comer esses alimentos de folato superior :
Garbanzos (grão-de-bico) - ½ xícara: 557 mcg (mais de 100% DV)
Fígado - 3 oz: 221 mcg (55% DV)
Feijão Pinto - ½ xícara: 146 mcg (37% DV)
Lentilhas - ½ xícara: 179 mcg (45% DV)
Espinafre - 1 xícara: 56 mcg (14% DV)
Espargos - ½ xícara: 134 mcg (33% DV)
Abacate - ½ xícara: 61 mcg (15% DV
Beterraba - ½ xícara: 68 mcg (17% DV)
Black eyed peas - ½ xícara: 112 mcg (28% DV)
Brócolis - 1 xícara: 57 mcg (14% DV)
7. Selênio

O selênio funciona como um poderoso antioxidante e é necessário para o seu corpo criar glutationa. Certifique-se de armazenar sua geladeira e despensa com estes alimentos
Nozes do Brasil - 1 oz (6-8 nozes): 544 mcg (mais de 100% DV)Bifes de atum cru
Atum de aleta amarela - 3 oz: 92 mcg (mais de 100% DV)
Halibut, cozido - 3 oz: 47mcg (67% DV)
Sardinhas, em lata - 3 oz: 45mcg (64% DV)
Carne Grass-fed - 3 oz: 33 mcg (47% DV)
Turquia, desossada - 3 oz: 31 mcg (44% DV)
Fígado de carne - 3 oz: 28 mcg (40% DV)
Frango - 3 oz: 22 mcg (31% DV)
Ovo - 1 grande, 15 mcg (21% DV)
Espinafre - 1 copo: 11 mcg (16% DV)
8. Vitamina C e E

A vitamina c ajuda a aumentar a glutationa nos glóbulos vermelhos e nos linfócitos. ( 24 ) A vitamina eé um importante antioxidante que trabalha com glutationa para evitar danos causados ​​pelo oxigênio reativo e protege as enzimas dependentes de glutationa. ( 25 ) Então, trabalhando em conjunto, a vitamina c e E ajudam a reciclar glutationa e mantê-lo livre de doenças! Comer estes alimentos Top Vitamin C e Top Vitamin E devem estar em todas as nossas listas de tarefas. Eles juntos ajudam a manter a glutationa em níveis ideais e aumentam o seu sistema imunológico e a função geral do corpo!
Vitamina C
Laranjas - 1 grande: 82 mg (mais de 100% DV)
Pimentas vermelhas - ½ xícara de picado, cru: 95 mg (mais de 100% DV)
Kale - 1 copo: 80 mg (134% DV)
Couve de Bruxelas - ½ xícara cozida: 48 mg (80% DV)
Brócolis - ½ xícara cozida: 51 mg (107% DV)
Morangos - ½ xícara: 42 mg (70% DV)
Toranja - ½ xícara: 43 mg (71% DV)
Guava - 1 fruta: 125 mg (mais de 100% DV)
Kiwi - 1 peça: 64 mg (33% DV)
Pimentas verdes - ½ c picadas, cru: 60 mg (100% DV)
Vitamina E
Amêndoas - 1 oz: 7,3 mg (27% DV)
Espinafre - 1 cacho: 6,9 mg (26% DV)
batata doce - 1 colher de sopa: 4,2 mg (15% DV)
Abacate - 1 todo: 2,7 mg (10% DV)
Germe de trigo - 1 onça: 4,5 mg (17% DV)
Sementes de girassol - 2 colheres de sopa: 4,2 mg (15% DV
Óleo de palma - 1 colher de sopa: 2,2 mg (11% DV)
Abóbora butternut -1 xícara em cubo: 2 mg (7% DV
Truta - 3 oz: 2 mg (7% DV)
Azeite - 1 colher de sopa: 2 mg (7% DV)
Fígado De Carne Com Maçãs
9. Fígado de carne

Não só o fígado de carne bovina na minha lista de alimentos de selênio superior, mas foi mostrado para aumentar a produção de selênio e glutona melhor que os suplementos. Estudos demonstraram que, como a nutrição foi concentrada no fígado, comer esse órgão de uma vaca orgânica alimentada com pastagem local é uma maneira altamente eficaz de aumentar os níveis de glutationa e que os níveis de selênio na carne bovina e no fígado de carne são muito mais biodisponível do que suplementos. Eu recomendo apenas obter fígado de bovino alimentado com grama de alta qualidade, seco ou cru, e adicioná-lo à sua dieta para aumentar a produção de selênio e glutationa.

FONTE

https://www.suplementosmaisbaratos.com.br/blog/glutationa-o-que-e-para-que-serve-funciona-comprar-preco/

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Amaranto: propriedades e como consumir!


O amaranto é um grão de 8.000 anos de idade que já foi base de dietas astecas. A planta amaranto está relacionada com acelga, quinoa , beterraba e espinafre produz milhares de sementes minúsculas que, na verdade, compõem este produto parecido com um grão como o arroz. Embora não seja comumente usado em dietas brasileiras, está ganhando em popularidade por causa de seu valor nutritivo extraordinário. Suas folhas também são muito usadas em receitas para um valor nutricional mais rico.

Vale lembrar antes de falar qualquer coisa sobre o amaranto: nunca comece uma nova dieta sem consultar um nutricionista ou seu médico. Leve estes dados para seu nutricionista ou médico e veja se você pode ou não acrescentar este item em sua dieta.
Amaranto: Propriedades

Por copo, o amaranto contém 251 calorias e apenas 4 g de gordura, nenhuma das quais é saturada. Ele oferece 29 por cento da ingestão diária recomendada de ferro, com base em uma dieta de 2.000 calorias, e 12 por cento para o cálcio. Ele é rico em magnésio, com 40 por cento da dose diária e 36 por cento da dose diária recomendada de fósforo. Uma xícara de amaranto também oferece 105 por cento da dose diária para o manganês, que funciona como um antioxidante e desempenha um papel no metabolismo energético, saúde óssea e cicatrização de feridas.
Amaranto emagrece?

O amaranto fornece 5 g de fibra por copo. A recomendação é que as mulheres consumam 25 g de fibra por dia e 38 g por dia para os homens. A fibra ajuda com a saúde digestiva e pode fazer você se sentir mais cheio após as refeições, enquanto controla os níveis de açúcar no sangue. Desta forma, você ataca dois problemas de quem quer emagrecer (açúcar no sangue e comer demais), concluindo que o amaranto ajuda no processo de emagrecimento.


O consumo do amaranto pode ser uma ótima opção para quem quer diversificar a dieta com grãos integrais e mais saudáveis. (Foto: divulgação)

Amaranto: Quinoa e Trigo

O amaranto contém quatro vezes o cálcio encontrado no trigo e duas vezes a ferro e magnésio. Também é rico em vários aminoácidos, especificamente lisina, metionina e cisteína e, como resultado, o amaranto é uma proteína mais completa do que muitos outros tipos de grãos. É também mais completo que a quinoa e pode ser a opção para quem não gosta da quinoa na dieta.

Amaranto: Benefícios

O amaranto é livre de glúten, tornando-se a farinha alternativa para quem sofre de doença celíaca, pois deve evitar trigo, cevada e centeio. Amaranto conta como um grão integral e natural e seu consumo ajuda na regulação do sistema digestivo.

Amaranto: Receitas

O amaranto é muito versátil em seus usos: ele pode ser cozido como um cereal quente ou misturado com outros grãos como o arroz. A farinha de amaranto farinha pode ser substituída em uma parte ou a totalidade da farinha de trigo nas panquecas ou bolos. O grão pode também ser colocado no forno para fazer um snack crocante. Você pode usar as folhas para chás, sopas e molhos deliciosos e nutritivos.

Assim como a quinoa, as receitas que são usadas para o arroz também funcionam para o amaranto, bastando apenas substituir o arroz pelo amaranto. Você pode ainda juntar parte de amaranto e parte de quinoa para uma receita inovadora, saborosa e nutritiva.

Como consumir o amaranto?

Uma das vantagens do amaranto é ser muito versátil: a versão em flocos pode ser consumida com frutas ou iogurtes ou ainda ser acrescentada em vitaminas e sucos. Os grãos podem ser ingredientes de saladas ou também cozidos, em substituição ao arroz. Para isso, basta deixar uma xícara de amaranto cozinhando em seis xícaras de água, por cerca de 20 minutos. Para evitar que queime, mexa regularmente. Após cozido, basta escorrer a água e servir.

Outra forma de consumir o produto é como pipoca. Para isso, a receita é simples: coloque uma colher de sopa de grãos em uma panela sem óleo, tampe e espere estourar, assim como acontece com o milho. O resultado são micropipocas, com um sabor semelhante a nozes. Um lanche saudável e gostoso!

E não só o grão do amaranto que pode ser aproveitado. As folhas também podem ser consumidas. Elas se assemelham ao espinafre e são fontes ricas em vitamina C, cálcio e vitamina B3. Além disso, chegam a ter dez vezes mais caroteno do que o tomate.

Embora não haja uma recomendação exata por parte dos médicos em relação à quantidade exata que deve ser consumida diariamente, o indicado por nutricionistas é de que não ultrapasse 45 gramas diárias do grão, o que equivale a três colheres de sopa.

FONTE

https://www.saudemelhor.com/amaranto-propriedades-como-consumir/

https://www.jasminealimentos.com/wikinatural/enriqueca-o-cardapio-com-o-amaranto/

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Manteiga de Coco



Eu faço a manteiga de coco batendo no liquidificador ou processador 100 g de coco ralado, sem adição de açúcar, por 15 minutos ou até que fique pastoso. Guardo em recipiente fechado e armazeno em temperatura ambiente se for consumir no mesmo dia do contrário guardo na geladeira.

Encontrar manteigas vegetais em lojas de produtos naturais ou em supermercados não é uma tarefa fácil, e quando se tem a sorte de encontrar o preço não é nada convidativo. Por este motivo faço a minha em casa, pode parecer impossível ou difícil fazer, mas não é nada disso. Basta ter um processador de alimentos, ou um liquidificador, e um pouquinho de tempo e paciência que logo logo você terá uma manteiga fresca, natural e muito saborosa.

Para fazer esta manteiga de coco você só precisa de apenas um ingrediente, coco ralado seco, sem açúcar e não desengordurado. Facilmente encontrado em lojas de produtos naturais, vendido a granel, e em supermercados, vendido em pacotinhos fechado. O processo para fazer é basicamente o mesmo que a pasta de amendoim que já ensinei aqui, basta triturar no processador até o coco ralado soltar o óleo e ficar cremoso, simples assim.

Tem que ser coco ralado seco porque se tiver água, como a polpa fresca, ele não irá virar manteiga. Sem açúcar porque ao processar o coco por muito tempo, ele irá esquentar e caramelizar o açúcar. E não desengordurado porque é graças ao óleo de coco que temos a manteiga, sem ele é impossível ter uma textura cremosa.

Só para deixar claro, a manteiga de coco é diferente do óleo de coco, a primeira contém a polpa do coco seco, rico em fibras e proteínas. Enquanto que o óleo é apenas a gordura extraída da polpa.




Não se preocupe se a manteiga parecer muito líquida quando você terminar de fazer, ela ficará mais consistente ao esfriar.

Em temperaturas abaixo de 25ºC a manteiga se solidifica por causa do óleo de coco. Para amolecer basta esquentar por alguns segundos no micro-ondas ou na panela e usar normalmente.


Você pode consumir passando sobre torradas, pães, waffles, panquecas e tapiocas, por exemplo. Adicionar em smothies para deixar mais cremosos, salpicar sobre frutas ou granolas, misturar no café, e até bater com água no liquidificador para fazer leite de coco caseiro, as possibilidades são muitas.


Você vai precisar de…
Coco ralado seco, sem açúcar, não desengordurado – 3 xíc. = 250 g

Como fazer…
1- Coloque o coco ralado em um processador de alimentos e triture em velocidade máxima até obter uma pasta líquida e cremosa. Este processo pode demorar entre 15 a 30 minutos, dependendo da potência do seu processador, o meu demorou 25 minutos. Não desanime se o coco ralado não virou manteiga nos primeiros 10 ou 15 minutos, tenha paciência e persistência.
2- Pare de processar de vez em quando para raspar a lateral do processador.
3- Despeje a manteiga em um frasco de vidro e deixe esfriar em temperatura ambiente para ficar mais consistente.

Você pode armazenar fora da geladeira por cerca de 1 mês, ou sob refrigeração por até 2 meses.

Esta receita rende 200 ml.

ATENÇÃO: Utilizei um processador com potência de 700 watts, caso você estiver usando um menos potente pode ser que o coco não vire manteiga.

DICA: Você pode adicionar alguns ingredientes extras para incrementar o sabor ou a textura da manteiga. Por exemplo, algum adoçante de sua escolha, como açúcar demerara, melado ou estévia. Especiarias como canela em pó ou noz-moscada, e cacau em pó ou raspas de chocolate no final do preparo. Os que mais indico são:

– Óleo de coco: adicione 1 colher de sopa derretido quando o coco ralado começar a virar manteiga, como resultado você terá uma textura mais cremosa e aveludada.
– Extrato de baunilha: adicione 1/2 colher de chá no final do preparo, ainda com a manteiga quente, para dar um toque adocicado extra.
– Sal: adicione um pitada também no final do preparo para intensificar o sabor da manteiga.





Leia aqui outras postagens sobre o uso do coco e seus benefícios
Cura através do uso de óleo de coco.


outras receitas



fonte

http://temperoalternativo.com.br/2016/09/26/como-fazer-manteiga-de-coco/

https://www.curapelanatureza.com.br/post/06/2015/manteiga-de-coco-e-saborosa-saudavel-economica-e-facil-de-fazer

Benefícios do Óleo de Coco


Os benefícios do coco vão muito além da sensação refrescante de tomar aquela água de coco geladinha nos meses mais quentes do ano. Além do consumo do fruto, derivados dele, como a manteiga e o óleo, podem ser ótimos aliados da beleza e da boa forma.

"Além de melhorar a imunidade, o coco tem propriedades antioxidantes - que combatem os radicais livres -, repõe vitaminas e sais minerais, diminui o colesterol ruim, ajuda na perda de peso e é naturalmente antibacteriano e antifúngico", diz a dermatologista Paula Chicralla.

Segundo ela, o óleo pode ser usado para hidratar os fios, aliviar os sintomas da caspa, deixar a pele macia e até aliviar queimaduras causadas pelo sol.

Por conta desta versatilidade, pedimos à dermatologista para listar algumas das mil e uma utilidades do coco tanto para a pele quanto os cabelos. Confira!

Para os cabelos
# Caspa: Hidrata o couro cabeludo e, com isso, ajuda a aliviar os sintomas da caspa. "O óleo de coco ajuda a controlar a secreção de óleo a partir do couro cabeludo, uma das principais causas da caspa", explica a dermatologista.

# Hidratação: Substitua o leave-in condicionador pelo óleo de coco para hidratar os fios. "Aplique uma colher de chá de óleo de coco, coloque uma touca e deixe durante a noite", ensina.

# Pré-xampu: Passe nos cabelos antes de lavar, para retirar as impurezas e ajudar na hidratação. "Esse truque é especialmente bom para quem tem cabelos crespos, que são naturalmente mais ressecados", diz Paula.

Para a pele
# Hidratação: O óleo de coco mantém a pele macia sem obstruir os poros e sem deixá-la oleosa. "

# Demaquilante: Para quem tem a pele sensível, o óleo de coco pode ser um ótimo aliado na hora de retirar o "make". "Além de ajudar a retirar a maquiagem, ele acalma a pele e evita qualquer irritação", diz a dermatologista.

# Acne: Por ser naturalmente antibacteriano e antifúngico, o óleo de coco ajuda a evitar o surgimento da acne.

# Queimadura: Quem estiver sofrendo com ardência por causa de alguma queimadura solar pode usar usar o óleo de coco na área afetada. "Ele hidrata e acalma a pele, dando uma sensação de alívio", explica Paula.

**Óleo de Coco auxilia no combate ao Alzheimer



fonte

http://ego.globo.com/beleza/noticia/2013/06/dermatologista-da-dicas-para-usar-o-oleo-de-coco-na-pele-e-nos-cabelos.html

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Semente de melão: quais os benefícios para o organismo?


As sementes são as partes mais descartadas de uma fruta, porém, vale ressaltar que muitas delas carregam nutrientes essenciais para o organismo humano e que por essa razão deveriam ser aproveitadas. As sementes encontradas no melão, por exemplo, são capazes de agregarem vitaminas e elementos que são indispensáveis para o corpo. Essas sementes são fontes de vitamina B12 e podem servir como substituto do leite da vaca sem maiores prejuízos para os consumidores.

Assim, além de aproveitar do delicioso sabor da fruta, comece a dar mais atenção as suas sementes também. Para isso, confira uma receita de como desfrutar dos benefícios desses elementos. Mas antes, conheça todas as suas ações e propriedades.
Efeitos benéficos da semente de melão

Rica em vitamina B12, a semente de melão também contém vitaminas A, B6, D, E e K. Além disso, as quantidades de proteínas, lipídios, fibras e carotenoides, presentes nas sementes, são superiores as encontradas na polpa da fruta.

Por essa razão, são melhores para regular a temperatura do corpo, facilitar o transporte de nutrientes dentro do organismo e até mesmo proteger os órgãos de traumas, à exemplos de quedas fortes.

O consumo diário das sementes de melão fortalece também a capacidade física, acelera o metabolismo e atua como tônico do sistema nervoso central.

Água das sementes dessa furta
Ingredientes
Sementes de 01 melão;
01 litro de água.

Modo de preparo e consumo
Retire todas as sementes de um melão e junto a meio litro de água bata no liquidificador. Após esse processo, coe e leve-a novamente ao liquidificador com mais meio litro de água. Adoce se necessário.

Experimente e certifique-se que a sua água de sementes está doce o suficiente. Outra dica importante vai para quem deseja que o líquido fica mais consistente. Para isso, quanto menos água for adicionada, mais forte será a bebida. O consumo, por sua vez, deve ser feito com a água pura, com o sumo de limão ou com algaroba (sabor adocicado). Esta é uma boa opção para quem deseja se tronar um vegetariano ou vegano.

FONTE

https://www.remedio-caseiro.com/semente-de-melao-quais-os-beneficios-para-o-organismo/

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Melão – benefícios e propriedades


O melão é uma fruta na qual tem em sua composição 80% de água. O melão hidrata seu corpo, mesmo se você consumi-lo em pequenos pedaços. O melão também pode ser consumido em forma de suco. Lembe-se de nunca coar o suco do melão, pois assim você pode perder as fibras presentes na fruta. As fibras garantem o poder que a fruta tem de eliminar toxinas e desinchar, no caso ideal pra quem está à procura de uma barriga lisinha. O melão tem cerca de 30 calorias a cada 100 gramas. O melão pode ser seu melhor amigo na dieta. Ele facilita a perda de peso. Confira a seguir : melão – benefícios e propriedades.

Melão – benefícios e propriedades

Os tipos mais comuns de melão no Brasil são : amarelo, valenciano, cantalupo, gália e pele-de-sapo. Grande parte do melão é constituído de água, tornando-o uma excelente fonte para hidratação do corpo. No Brasil, os tipos mais comuns são: amarelo valenciano, cantalupo, gália e pele-de-sapo. Mas não importa a escolha – a saúde, a medida da cintura e a pele saem ganhando com o consumo dessa fruta. Rico em pectina, uma espécie de fibra em gel, seu consumo aumenta a sensação de saciedade rapidamente. Dessa forma, quando você fizer alguma refeição mais pesada, pode comer uma fatia, impedindo assim os exageros de um almoço ou jantar mais calórico.Também ajuda a desintoxicar o organismo, já que tem efeito diurético.

Uma dica para quem não tem o hábito de consumir a fruta, é apostar em suco. Sem coar, ele mantém as fibras, ajudando na eliminação de toxinas e também no inchaço. O nome é no aumentativo, bem do tamanho do sabor desta fruta. Da mesma família da melancia, possui mais de 90% de água. E, o que é melhor, pouquíssimas calorias – 30 kcal em cada fatia de 100g. Melão é uma fruta redonda com uma pele grossa bege exterior, carne amarelo-laranja, e pequenos sementes brancas na polpa. Melão é um alimento de que muitas vezes vira um pequeno almoço, e também é bom como um aperitivo ou elemento na saladas de frutas. Seus suaves, agradáveis ​​aumenta sabor que o amadurece frutas, muitas pessoas amar. Melão por sua carne ser macia e suculenta.

Quanto mais maduro o melão for, maior será a concentração de substâncias ativas. O melão é rico em bioflavonóides , que é uma excelente fonte de antioxidantes e anti-inflamatórios. Na menopausa, o consumo de melão ajuda a regular a menstruação, especialmente por ajudar na circulação do sangue e por ser um anticoagulante.

Experimente o melão bem maduro cortado e servido na hora assim ele é bem suculento e gostoso, quanto mais tempo levar para consumir depois de cortado mais amargo ele vai ficando.Na fruta também encontrasse muitos carotenóides, que diminuem os riscos de muitas doenças. E quando o assunto são fibras alimentares, ele não amarela.

O melão é rico em pectina, que se transforma em gel no estômago e provoca a sensação de saciedade, o que ajuda a comer menos e, enfim, perder peso.Essa característica também é ótima para quem tem problemas de hipertensão, pois o consumo regular do melão contribui para diminuir a pressão arterial.

O melão está na lista dos alimentos funcionais – ou seja, ele carrega substâncias que, além de nutrir, reduzem a retenção de líquidos, melhoram o funcionamento do intestino e reforçam o sistema imunológico. Os melões são cultivados em regiões de clima semi-árido. 

No Brasil, há uma boa produção destes frutos na região nordestina.

Benefícios do melão
  • Reparo do DNA e Proteção
  • Alívio da Hipertensão (Alta Pressão Sanguínea)
  • Proteção de Alzheimer
  • Alívio da Doença Cardiovascular
  • Maior proteção contra infecções bacterianas e virais
  • Aumento da função imune
  • Proteção contra doenças cardíacas
  • Retardar o envelhecimento
  • Redução do Risco de Câncer
  • Proteção Osteoporose

Sobre o melão

Melão cantalupo, amarelo, caipira, charentais, pele de sapo, gália, honey dew. O melão tem ação antioxidante, anticancerígena, anticoagulante (cantalupo).

Uso : A adenosina é um anticoagulante químico encontrado o melão que diminui o risco de ataques cardíacos e derrames. O melão é uma boa fonte de vitamina A, além de conter vitamina C e cálcio. A melhor forma é consumir entre as refeições, nunca como sobremesa. Como a digestão dele é muito rápida, se for consumido após a refeição, pode ser que ele fique “preso no estômago”, juntamente com outra comida que tenha a digestão mais lenta. Nessa condição, ele pode fermentar e gerar gases. Sempre coma o melão isoladamente.

Compra e conservação: O melão maduro é pesado e tem perfume adocicado. Evite a fruta molenga e machucada.

Suco: Escolha melões maduros. Descasque, corte em gomos e faça sucos, com com as sementes. Duas xícaras (500 ml de pedaços de melão rendem cerca de 2/3 (150 ml) de suco.

Polpa: Use 1 ou 2 gomos sem casca para cada receita de vitamina, picando grosseiramente a polpa antes de colocar no liquidificador ou processador.



fonte

https://remediodaterra.com/melao-beneficios-e-propriedades/

Leite dourado: a bebida saudável do momento


De origem indiana, ela mal chegou por aqui e já virou ícone no cardápio de quem se preocupa em manter a saúde e a boa forma. A musa fitness Bella Falconi não perdeu tempo para incluir o leite dourado (receita aqui) no cardápio e a modelo Yasmim Brunet até já ensinou nas redes sociais como preparar a bebida indiana que promete não só fortalecer o organismo como favorecer a perda de peso.

Há quem diga que a nova mistura de leite (de vaca ou vegetal) e especiarias veio para substituir o bulletproof coffee. Mas, em vez disso, você pode aproveitar para variar seu cardápio de bebidas saudáveis, principalmente agora no verão que pede opções mais geladinhas – o leite dourado pode ser consumido quente ou frio. 

Assim como o café batido com óleo de coco, ele funciona como um ótimo pré-treino, pois garante energia rápida para o exercício. Mas o forte da cúrcuma (ou açafrão-da-terra), a estrela da receita, é reforçar o sistema imunológico. “Esse poder vem da curcumina, princípio ativo que tem ações anti-inflamatória e antioxidante e antibacteriana”, diz a nutricionista Isabella Vorccaro, de São Paulo.

É emagrecer que você quer? “Rico em compostos bioativos, o leite dourado acelera o metabolismo e, consequentemente, ajuda na perda de peso”, complementa Isabella. A nutricionista afirma que a bebida ainda facilita a digestão, equilibra o pH do sangue, combate o excesso de toxinas e aumenta a vitalidade. Não é só isso. “O consumo regular está relacionado ao risco reduzido de artrite, artrose e dores nas articulações e musculares.”

E não tem monotonia. O leite dourado pode ser usado no preparo de smoothies, overnight oats e receitas de bolo. Mas deve ser consumido sempre fresco para você não perder nenhuma das propriedades funcionais desse alimento cor de ouro!



Latte cremoso de açafrão com toques de baunilha, canela, noz-moscada e cardamomo. Isso fará você se sentir como ouro puro de 24k. (
McCormick/empresa de produtos alimentícios)

INGREDIENTES
1 xícara de leite de coco
1 xícara de leite de amêndoa
½ colher de chá de extrato de baunilha
½-1 colher de sopa de mel para adoçar
1 colher de chá de açafrão terrestre McCormick
1/4 colher de chá de canela moída McCormick
Pitada de noz-moscada moída McCormick
Pitada de cardamomo McCormick
Canela em pó extra, para polvilhar por cima

*pode substituir o leite por um de sua preferência, porém o sabor e os benefícios não serão o mesmo.

INSTRUÇÕES
Misture leite de coco, leite de amêndoa, baunilha, mel, açafrão moída, canela, noz-moscada e cardamomo e leve os ingredientes para ferver, depois que abrir fervura reduza o fogo e deixe cozinhar por 3-5 minutos; mexendo de vez em quando.
Despeje em 2 canecas pequenas e polvilhe com canela em pó ou adicione canela em pau. Apreciar!


Outra Receita de leite dourado

Como preparar o leite dourado?
Prepare a pasta de cúrcuma, que será a base da receita e que pode ser guardada na geladeira para preparar vários copos do leite dourado. Mas, ao fazer o leite, consuma-o imediatamente.

Pasta de cúrcuma
Ingredientes
1/4 de xícara de cúrcuma em pó (30 g)
1/2 colher de chá de pimenta preta moída (2,5 g)
1/2 xícara de água pura (125 ml)
Modo de preparo
Leve todos os ingredientes ao fogo médio, mexendo bem. Quando a mistura se tornar em uma pasta, desligue o fogo e deixe esfriar. Depois, coloque a pasta de cúrcuma em um recipiente de vidro limpo e seco com tampa e conserve na geladeira.

Leite dourado
Ingredientes
1 xícara de leite (250 ml)
1 colher de chá de óleo de coco (5 ml)
1/4 de colher de chá de pasta de cúrcuma (1,25 g)
Mel (para dar gosto)
Modo de preparo
Em uma panela, misture todos os ingredientes, com exceção do mel. Leve ao fogo médio, mexendo sempre para não grudar. Logo antes de levantar fervura, desligue o fogo e acrescente o mel a gosto. Está pronto para ser consumido.

Dicas
— Você pode substituir o leite de vaca por leite vegetal, como o de soja, linhaça, aveia, gergelim, amêndoas, arroz.
— A pimenta é muito importante nessa receita, pois contém piperina, que facilita a absorção da curcumina presente na cúrcuma.
— O leite dourado também é considerado um tônico de beleza, fazendo bem para a pele e para os cabelos, além de prevenir o envelhecimento precoce.

— Consuma um copo médio de leite dourado morno antes de dormir, para ter um sono 
tranquilo e reparador.

O consumo regular do leite dourado também pode ajudar a combater a artrite e a artrose, além de outras dores musculares e da articulação. Também pode servir de analgésico, diminuindo enxaquecas e outros males causados pelo estresse. Estima-se também que o milagroso leite dourado possa até reverter o aparecimento do mal de Alzheimer e evitar a demência associada à velhice.


Leite Dourado' Probiótico - Receita desenvolvida pela nutróloga Liliane Oppermann
- 1 colher de sopa de mel
- ¼ de uma colher de chá de cúrcuma ou açafrão
- 1/3 de uma colher de chá de gengibre ralado
- ¼ de uma colher de chá de cardamomo
- ¼ de uma colher de chá de canela
- 300 ml (um copo) de kefir

Misture os ingredientes com três colheres de sopa de água fervente. Na sequência, coloque 300 ml (um copo) de kefir

FONTE

https
://melhorcomsaude.com/leite-dourado-bebida-pode-mudar-vida/

http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,feito-com-ingredientes-saudaveis-leite-dourado-tem-propriedades-anti-inflamatorias,70002017856

https://www.ambitiouskitchen.com/2018/01/24k-gold-vanilla-turmeric-latte/

https://boaforma.abril.com.br/dieta/leite-dourado-a-bebida-saudavel-do-momento/

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018



A tâmara é uma daquelas frutas que basta experimentar uma para querer mais e mais. Com origem incerta na região da Ásia, justamente por ser cultivada há milênios, a tâmara tem sabor marcante e exótico, além de ser capaz de trazer extraordinários benefícios para a saúde. Vamos conhecer as propriedades e os benefícios que a tâmara pode trazer para nosso organismo.

Propriedades da Tâmara

Além do sabor característico e refinado, a tâmara é uma fruta rica em diversos minerais como potássio, zinco, magnésio, cálcio, fósforo e ferro. Conta também com altos níveis de fibras e uma vasta gama de vitaminas essenciais para o corpo, tais como as vitaminas A, K, a riboflavina, a niacina, o folato e a tiamina. Para comparação, uma única tâmara pode ter até 3 vezes mais potássio do que uma banana, assim é fácil começar a entender que esta fruta pode trazer inúmeros benefícios para a saúde.

Benefícios da tâmara para a saúde

As propriedades da tâmara prenunciam com clareza seus benefícios. Coma uma tâmara por dia para obter os seguintes benefícios:

Redução da pressão arterial

O magnésio presente nas tâmaras é um grande aliado na redução de pressão arterial. Sua ação entra em comunhão com o potássio, auxiliando funções do corpo e do coração. Assim, o consumo de tâmara é capaz de auxiliar na prevenção de doenças oriundas do descontrole de pressão, como acidentes cardiovasculares.

Melhora na saúde dos ossos

A tâmara possui minerais fundamentais na melhora da saúde dos ossos. A ingestão de uma única tâmara significa ingerir quantidades expressivas de manganês, selênio, cobre e magnésio que aumentarão a saúde dos ossos fortalecendo-os.

Alívio na prisão de ventre


A grande concentração de fibras presente nas tâmaras é altamente eficaz no alívio da prisão de ventre. As fibras auxiliarão os processos gastrointestinais, garantindo que haja pleno funcionamento do estômago e intestino.

Tâmaras para anemia

As tâmaras são carregadas com altas quantidades de ferro, mineral essencial para que haja o transporte correto de oxigênio em nosso organismo. Quando há deficiência de ferro, há anemia. A ingestão da tâmara em uma dieta balanceada pode ser o suficiente para tratar recorrentes casos deste problema.

Tâmaras são energéticas

As tâmaras são umas das frutas mais eficientes que existem para trazer energia para o nosso corpo. Ricas em sacarose, frutose e glicose, as tâmaras provêm energia suficiente para a realização de atividades físicas. Originalmente, as tâmaras eram comidas pelos povos do deserto para aguentar longos trajetos.

Prevenir resfriados

Os populares resfriados podem ser facilmente prevenidos com a ingestão de tâmaras. Sua riqueza em vitaminas essenciais como o ácido ascórbico fazem das tâmaras grandes aliadas na prevenção de resfriados.

Tâmaras tratam acne

A grande quantidade de vitamina A presente na tâmara faz com que esta fruta seja capaz de tratar mazelas da pele como a acne. Recomenda-se a ingestão de pelo menos uma tâmara por dia durante algumas semanas para se obter este benefício.

Tâmaras são anti-inflamatórias

O consumo de tâmaras também garantirá efeitos anti-inflamatórios em nosso organismo, pois são frutas extremamente ricas em magnésio, mineral associado ao alívio das inflamações pelo corpo.


Assim, é possível listar estes e outros benefícios da tâmara de forma resumida:

• Reduz pressão arterial
• Melhora a saúde dos ossos
• Alivia a prisão de ventre
• Trata anemia
• Trata acne
• Energética
• Previne resfriados
• Alivia inflamações

Orientações gerais sobre a tâmara

Mesmo que a tâmara seja uma fruta muito saudável, é importante ter em mente que ela não deve ser consumida em excesso. Além disso, é importante que um médico ou profissional de saúde alimentar seja consultado antes de se optar pelo consumo de tâmaras. De resto, desfrute a tâmara e aproveite seus benefícios para a saúde.

fonte

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/4620-tamara-mil-propriedades-e-os-beneficios-para-a-saude